Se eu tiver que escolher somente um ingrediente em toda minha cozinha, ficarei contente com o gengibre. Ele é doce, apimentado, intenso, e cheio de propriedades curativas. Esse método que uso para cozinhá-lo em calda e depois cristalizá-lo é muito fácil e o deixa extremamente versátil e refinado para ser usado em bolos, biscoitos, mousses, pavês, sorvetes, chás, drinques, molhos, saladas e mais o que a criatividade mandar.  
Ingredientes
350 a 400 g de gengibre descascado e cortado em fatias finas no sentido diagonal, ou em rodelas
1 ¼ de xícara (270 g) de açúcar
1 ⅔ de xícara (400 ml) de água
1 a 2 xícaras de açúcar cristal (granulado) para cobrir
Modo de Preparo
Leve ao fogo moderado uma panela grande com 4 a 5 xícaras de água. Quando ferver, adicione o gengibre fatiado. Cozinhe com a panela tampada, por 3 a 5 minutos. Escorra, troque a água e repita o processo por mais uma vez. Escorra novamente e deixe as fatias no escorredor para drenar bem.
Na mesma panela grande, coloque o açúcar e a água (400 ml) e misture até o açúcar se dissolver.  Leve ao fogo moderado e deixe ferver por 7 a 10 minutos, até engrossar ligeiramente e se formar uma calda. Acrescente as fatias de gengibre e cozinhe por 25 a 30 minutos, até ficarem macias e translúcidas. Remova-a do fogo, tampe a panela e deixe repousar por 6 a 8 horas, virando as fatias 2 a 3 vezes para que fiquem bem umedecidas.
Coloque uma peneira sobre uma tigela grande. Despeje as fatias de gengibre e a calda sobre a peneira. Deixe drenar por cerca de 40 minutos a 1 hora. Em seguida, coloque a calda escorrida em uma panelinha, leve ao fogo moderado e deixe ferver até engrossar e ficar com consistência de xarope.
Transfira para um vidro esterilizado – coloque algumas fatias de gengibre, sem a cobertura de açúcar cristal, junto à calda no vidro. Ambas podem ser usadas em receitas que pedem gengibre em calda – tampe bem e conserve na geladeira por até 3 meses.
Para cobrir: Coloque 150 a 200 g de açúcar cristal em uma tigelinha e passe as fatias de gengibre, uma a uma, até ficarem bem cobertas com o açúcar. Espalhe-as em uma grade ou uma assadeira grande forrada com toalha de papel e deixe secar em lugar fresco e arejado, por cerca de 2 a 4 horas. Guarde-as em vasilha bem tampada, em temperatura ambiente por até duas semanas. Na geladeira, elas duram até dois meses e podem ser congeladas por até seis meses.
Rendimento: 2 a 2½ xícaras
Sugestão: As fatias do gengibre podem também ser cozidas diretamente na calda, sem a necessidade de aferventá-las como indica na receita. A escolha é preferencial, e esse procedimento é apenas para amenizar o sabor forte da raiz.
Dica: Escolha raiz de gengibre nova e firme, com casca lisa e sem manchas. Ao cortar o gengibre, aproveite cada pedacinho irregular da raiz. Eles também podem ser cozidos e utilizados em receitas que pedem gengibre picado.