Tradicionalmente, as sopas de ervilhas secas são preparadas com bacon, presunto ou linguiças defumadas. Nessa minha versão leve, usei manteiga como base para refogar a cebola – amo a combinação – e, no final do cozimento, adicionei  almôndegas de frango para  acentuar o sabor. Você poderá substitui-las por peito de frango cozido, cortado em cubinhos ou desfiado. Uma Delicia!

Ingredientes                      

2 colhers (sopa) de manteiga

1 cebola grande picada grosseiramente

2 dentes de alho amassados

1 talo de salsão, sem os fios grossos, picado

2 cenouras médias, descascadas,  cortadas em rodelas ou cubinhos

1 ½ xícara de ervilha seca lavada e  bem escorrida (veja a dica)

½ colher (chá) de orégano seco

½ colher (chá) de pimenta calabresa (opcional)

8 xícaras de caldo de galinha ou caldo de legumes, ou água

Sal e pimenta-do-reino moída a gosto

Folhas de salsinha picada para decorar

 

Modo de Preparo

 

Em um caldeirão ou panela grande, coloque a manteiga, leve ao fogo moderado e deixe-a derreter. Junte a cebola e, mexendo sempre, com uma colher de pau, refogue levemente sem deixar dourar. Acrescente o alho, o salsão,  e refogue por 1 a 2 minutos, mexendo sempre. Junte a cenoura e misture bem.  Adicione  a ervilha, o orégano, a pimenta – caso esteja usando – o caldo ou a água, e deixe ferver. Tempere  com o sal e a pimenta. Cubra, abaixe o fogo e cozinhe por 45 minutos ou até que a ervilha fique macia. Prove o tempero e, se necessário, retempere com o sal e a pimenta. Adicione as almôndegas ou a carne de frango  e deixe ferver, em fogo baixo, por 2 a 3 minutos. Decore com a salsinha e sirva.

Rendimento: 6 porções

Dica: O tempo de cozimento pode variar de acordo com o tipo e a qualidade da ervilha. Usei ervilhas secas partidas.  Para que cozinhe rápido, deixe a ervilha de molho por 2 a 4 horas.